by Elaborex Digital Elaborex Digital 2 comentários

O Código Técnico de Construção prescreve, em seu documento básico SUA, as características de resistência e rigidez que os guarda-corpos e / ou barreiras de proteção dispostos nos edifícios devem satisfazer, quantificar esses valores de resistência na tabela 3.3 do documento básico SE-AE

tabela SE-AE de resistência básica de documentos 3.3.
Tabela 3.3. do CTE DE SE-AE

Portanto, a atribuição do valor da resistência lateral das grades no projeto é obrigatória., o passo seguinte, já no trabalho, deve ser para confirmar o valor prescrito após a execução do guarda-corpo ou barreira de proteção.

Dentro das tarefas definidas no Lei de Planejamento de Edifícios, para laboratórios de controle como Elaborex S.L., que está inscrito no Cadastro de Laboratórios de Ensaios para o Controle de Qualidade de Edifícios e Obras Públicas da Extremadura com números de registro EXT-L-014 no seu laboratório em Badajoz, e EXT-L-036 em seu laboratório em Casar de Cáceres (Cáceres), é fornecer assistência técnica para verificar a qualidade do projeto, realizando testes ou testes de serviço em materiais, sistemas ou instalações de uma obra de construção.

No caso específico em questão, Elaborex S.L. coloca à disposição de seus clientes a possibilidade de realizar o teste de resistência lateral do corrimão (teste de impulso lateral para fora).

Este ensaio, credenciado na área de Testes de Serviço de nossa Declaração de Responsabilidade, É usado para verificar a resistência lateral do corrimão carregando-o em seu corrimão superior.

O ensaio, realizado com base no procedimento técnico interno elaborado pelo Departamento de Construção, Patologia e Reabilitação em conjunto com os técnicos do departamento de Laboratório, É baseado nas prescrições indicadas nos documentos básicos SUA e SE-AE do Código Técnico de Construção, como no padrão UNE 85238:1991 (Guarda-corpos. Métodos de teste), editado por Aenor.

El principio del ensayo es someter a la barandilla, a nivel del barandal superior, a un esfuerzo estatico horizontal hacia el exterior, equivalente a la resistencia lateral prescrita en el proyecto.

desplazamiento barandilla ensayo resbaladicidad elaborex
Ensayo de resistencia lateral de barandillas. Instrumental necesario para el ensayo.

Una vez colocado tanto el quipo como el lector de desplazamientos, se va aplicando la carga sobre la barandilla de manera suave y progresiva, hasta llegar a la sobrecarga establecida. Una vez alcanzado ese valor, se mantiene durante 3 minutos y se toma nota de las deformaciones alcanzadas.

desplazamiento barandilla ensayo resbaladicidad elaborex
Ensayo de resistencia lateral de barandillas. Vista frontal del ensayo.

Pasado ese intervalo de tiempo, se realiza la descarga, también de manera progresiva, realizando una lectura de las deformaciones residuales, en el caso de que existan.

desplazamiento barandilla ensayo resbaladicidad elaborex
Ensayo de resistencia lateral de barandillas. Vista de nuestro laborante Paulino González realizando el ensayo.

La deformación residual no deberá ser superior a los valores establecidos en la norma UNE 85238:1991, no debiendo presentar la barandilla, durante el ensayo, nenhum distúrbio sob carga de uso que possa afetar sua estabilidade ou resistência durante o uso.

Consulte nosso departamento de construção, Patologia e Reabilitação qualquer dúvida que você tenha sobre a execução das grades, e não hesite em nos solicitar um orçamento para o teste de resistência lateral de corrimãos em sua obra.

 

 

— 2 Comments —

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *